quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Sorte ao jogo?


Jogo no Euromilhões, quase todas as semanas. No início, preenchia o boletim de apostas ao balcão de um quiosque de um café perto de casa. Mas agora, e desde há cerca de três anos para cá, faço-o pela internet. É mais cómodo. Jogo normalmente uma aposta, por vezes duas. E gasto dois euros por semana, de vez em quando um pouco mais. Mas… os prémios, onde estão? Sim, os prémios que valem a pena, os de milhões, onde estão?... Também nesta situação de jogos de apostas há os ‘fihos’ e há os ‘enteados’. Aqueles, os ‘sortudos’, que são poucos, arrebanham os prémios ‘gordos’; aos outros, os ‘tansos’, que se contam por milhões [eu incluído], calham os prémios ‘mixurucas’ ou nem isso.

É tudo uma questão de sorte ao jogo, de ter ou não ter, não é?

4 comentários:

Sílvia disse...

Ola! Muito Obrigada pela visitinha! Podes voltar claro, es muito bem vindo!
Em relaçao ao jogo, estou mais ou menos na mesma situaçao. Como nao jogo todas as semanas, porque me custa muito gastar dinheiro em jogo, as vezes penso que se fosse mais consistente, ou seja, se eu jogasse sempre, talvez me saisse alguma coisa de jeito. Mesmo assim, continuo a sonhar...Se um dia me saisse o euromilhoes...

nandokas disse...

Olá Sílvia,
Sabes, nestas coisas de jogos de apostas, o que é preciso mesmo é... ter sorte, não é?
E, já agora, se um dia a sorte estiver contigo no euromilhões e te calhar um daqueles 'jackpots' de milhões, espero que não te esqueças de mim... ihihih
E aparece por cá sempre que desejares.

Deus disse...

Eu cá gosto mais de pensar que, sempre que aposto no quiosque, estou a meter os papéis para a reforma. Assim posso culpar o governo se continuar a trabalhar.

nandokas disse...

Ó deus, olha para o que te digo, nem penses em reformar-te... Porquê? Porque és deus, carago! Já viste o que seria de nós se um dia te reformares... E quem nos daria a conhecer aqueles 'posts', plenos da tua sabedoria, que aparecem lá no teu "Aprendam que eu...". Até acho que seria o 'badalado' fim do mundo...[eu sei de fonte fidedigna que foste tu a evitá-lo na passagem de 1999 para 2000].
E, já agora, ficas a saber que, cá em baixo, os papéis para a reforma
'metem-se' na Loja do Cidadão, ok? Ó deus, aprende que eu 'também' não duro sempre... eheheh